Centavos

5centavos2002revhoriz-1

Aí ontem eu estava na rodoviária de Americana, esperando pra pegar o ônibus pra sampa. Tinha acabado de comprar um suco, e, olhando pra mochila de 853 quilos, resolvi separar a grana pro metrô e deixar no bolso, pra não ter que ficar fazendo manobra pra caçar moeda.

Por conta da porcaria do suco, me faltariam cinco centavos pra pegar o metrô. Cinco míseros centavos! E por causa deles, eu ia ter que parar pra sacar grana, mais tempo com a mochila de 853 quilos nas costas. Parece idiota, mas ninguém ia me vender uma passagem de metrô por cinco centavos a menos e nem eu ia pedir cinco centavos pra comprar leite pos irmão, tio, então naquele momento aquilo me irritava razoavelmente.

E de repente eu me vi olhando pros lados e desejando com todas as minhas forças uma moeda de cinco centavos. E não conseguia parar de pensar em todas as vezes que eu me desfiz das pobres moedas “sem valor”.

A gente corre, corre e esquece que cada pedacinho da gente e do ambiente ao nosso redor é uma engrenagem e por mais engrenagenzinhazinha que seja, ela move alguma outra. Mas é uma mania nossa de só lembrar do dedinho do pé quando dá uma topada na quina da cômoda, só lembrar do papel higiênico quando acaba.

Pior: lembrar das pessoas por conveniência. A maior reclamação dos meus amiguinhos mudernos que entendem de computadô é o tanto de amigo que surge das trevas quando precisa de favor “oi, cara, quantotempopegueivírusmeajudaêê”.

Pior ainda: sinto dizer, mas a maioria de nós trata as pessoas mais importantes da própria vida como se fossem moedas de cinco centavos.

Semana que vem você visita a vó. Manda um beijo de feliz aniversário pra tia pela sua mãe, afinal, o ingresso daquela festa já estava comprado faz tempo. Não sobrou grana pra visitar a prima (outra vez), mas não dava pra perder a liquidação. Mas gente, sempre tem uma outra oportunidade, eles sempre vão estar lá!

Não?

A minha irmã foi pra Americana pra me ver e eu tomei um açaí rápido com ela e fui pra São Paulo porque, bem, eu precisava ir pra São Paulo. A minha sorte é que eu sou tão criativa que eu só precisei de uma moeda pra entender que da próxima vez eu preciso passar o fim de semana com ela.

Foi mal, paçoca.

(E tá aí a moeda de vocês.)

98 comentários em “Centavos

  1. @BrunoAranguizRS

    isso acontece né?! mas q bom q tdo acabou bem,,., bjaum #souteufã
    te adoro.,, bjuss

  2. Patrícia

    O texto não serve pra nos fazer pensar em como poderíamos ter guardado aqueles 5 centavos que deixamos por aí em qualquer lugar por achar que não eram/ seriam importantes. Serve para vermos que às vezes damos o mesmo valor à coisas tão importantes em nossas vidas como damos aquela mesma moeda de 5 centavos do troco que para nós não valeria nada…
    ÓTIMA Metáfora, inteligentíssima, amei!

  3. @m_viana

    Mando mt bem Mirian, como sempre.Parabens aew o/.
    [hora do protesto]
    Mirian, q q ta acontecendo?anda sem tempo?não anda inspirada?desgostosa com o blog?ou foi por causa da correria de pascoa?
    1 semana sem post ja..o.O..QUEREMOS MAIS CRÔNICAS..xD
    Apesar que hoje teve post novo no Olla blog, mais não da pra comparar com seus posts aqui..^^
    Beijo ;*

  4. C!

    Cara, que texto “só pode ser definido com palavrões”

    Maravilhoso

    Parabéns e mais sucesso pra vocês duas.

    Fiquem com Deus ;*

  5. Rodrigo

    Realmente, são as coisas que parecem insignificantes que são as mais valiosas, e só sentimos falta quando é exatamente aquilo que você precisa e não tem.
    Excelente texto, Aliás, todos são ótimos, cheguei aqui hoje, devorei seu blog (o que me custou algumas horas (nota: você escreve de forma irresistível), mas valeram a pena), e na blogosfera é dificil encontrar algo que valha a pena perder horas lendo.
    Parabéns pelo excelente blog, que irei acompanhar mais de perto a partir de agora.

  6. Eliane

    Ah, eu gosto muito dos seus textos. As analogias, as ironias, o modo direto de se comunicar, enfim. Não sei se te chamar de cronista é correto, mas para mim és uma excelente cronista. Parabéns moça =-)

  7. Lauro

    Caraca
    Parabéns, otima crônica.
    Este foi o primeiro post que leio e puts, muito bom.
    Vou ler os antigos, certeza!!

  8. Renan

    Eu sei que não é objetivo do texto + isso já aconteceu comigo.
    Cheguei na facul por volta de 17 hrs e aula so começava as 19:30…bateu uma fome e chegando na cantina percebi que faltava exatamente 10 centavos pro valor do salgado!! 10 centavos!!
    já tinha posto na minha cabeça q ia comer e a decepção foi tao grande q tive q matar aula e ir pra casa comer…claro que abrir mão da aula foi facil + sempre dá pra corrigir as coisas!
    pode ficar com o troco =P

  9. Lityane

    É as coisas pequenas são as mais essenciais na nossa vida…
    E não percebemos isso muitas vezes..

    Não é verdade?

  10. kakau

    amei o blog de vcs…demais…favoritei pra nao perder de vista…
    e o texto demais..mto legal
    e sei bem o que é isso, as pessoas so lembram de mim qdo precisam..geralmente qdo o pc pifa ou querem q busque msk na net pra elas..rsrs. sou uma moeda de 5 cents.
    é a vida! e é bonita e é bonita.
    voltarei mais x, msm q vcs nao visitem o meu.
    pq na net é assim msm tbm.
    blogueiros famosos nao visitam os mais pobres..rsrs
    kisses, hugs and cookies

  11. Sabrina Mix

    É, Mirian!

    O pior é quando tratamos as pessoas importantes como moedas de UM CENTAVO!!!

    “Aprendi a dar valor às pequenas coisas da vida… à minha família” (Priscila – BBB9)

    Beijos e sucesso!!!

  12. Marjory Poison

    Adorei seu blog mt lindoooo!
    Vi teu ensaio nossa q luxo espero q tenha gostado do seu ensaio,pois, vc tem jeito viu garanto logo logo tera propostas por ai…tu combina cm propaganda de ALL STAR E MELISSA! RSRSRS
    KISS
    TE ADD NOS MEUS FAVORITOS DO MEU BLOG
    VOLTO SEMPRE
    TE ADD NO ORKUT OK?
    E TE ESPERO POR LA
    KISSS

  13. jéssica

    descobri este blog por um total ‘acaso do destino’ (?). sorte a minha, amei. há alguns anos atrás, quando eu ainda era pirralha, tive uma experiência bem parecida com a sua. uma experiência até besta, afinal é muito comum nos dias de hoje vivermos com falta de dinheiro (snif :/ ), mas enfim, faltavam-me 10 centavos pra comprar algo-que-eu-não-lembro-o-que, e fiquei um tempãão remoendo o meu total descaso com a moeda de 10 centavos que estava há pouco tempo na minha mão ou no meu bolso! sim, essa mesma moda, tão útil e necessária naquele momento, foi motivo de incômodo (ai que saco, ficar carregando uma moedinha num valor tão baixo). pior do que isso é a estranha sensação de tratar as pessoas que eu mais amo e que mais me retribuem esse amor como essas mesmas moedinhas. um dia eu aprendo.

  14. jéssica

    ah, mirian, li o seu about e me identifiquei demais quando você deixou seus profundos agradecimentos ao grande Maurício de Souza. também passei a gostar de leitura a partir dele e dos seus gibis mágicos; e por incrível que pareça, conheço pouca gente da minha idade que, quando criança, se encantava ao máximo pelas histórias da turma da mônica e incomodava o pai e a mãe até eles comprarem o bendito gibi. outra coisa que me chamou foi qdo vc disse que teve que morar na capital pra aprender a gostar do interior. sério mesmo? moro numa cidade pequena (não minúscula, mas nada se compara a uma metrópole), e não vejo a hora de entrar na faculdade pra morar em outro lugar. senti medo agora. vc se arrepende da sua escolha? beijo! :*

  15. João Paulo (Jopa)

    Primeira visita ao blog…

    Normalmente não comento, mas gostei bastante do texto e tinha que vir falar por causa desse trecho: ” A maior reclamação dos meus amiguinhos mudernos que entendem de computadô é o tanto de amigo que surge das trevas quando precisa de favor “oi, cara, quantotempopegueivírusmeajudaêê”. ”

    É fato, eles sempre me procuram por isso…tanto que até me acostumei e aceitei o fato, por isso nem ligo mais ^^

    Bjo e sucesso!

  16. Julio

    Mirian, você é linda ! Maravilhosa mesmo !
    O que isso tem a ver com centavos? Nada !
    E você continua linda !

  17. China

    “Se você não dá valor as pequenas coisas da vida, lembre-se daquela moeda de 5 centavos que lhe faltaram para pode entrar no metrô” 🙂

    By: Michael Jordan

    ^^

  18. Tiaguinho

    Nossa primeira vez q entrei em vosso site, e achei mto interessante. Continuem com esse site, mto massa.

  19. JoYcE

    Ótimo texto Mírian!

    De fato excelente comparação, as vezes a certeza de que sempre estarão lá nos remete ao comodismo da correria cotidiana!

    Bjs!

  20. Taís

    Adorei o texto e a metáfora.
    Principalmente pq teve um dia que me faltava exatamente 10 centavos para comprar não lembro o quê, mas tb fiquei pensando em como fazia falta e nas diversas vezes que desprezei algumas moedinhas.
    E eu tenho consciência de que dou pouco valor à algumas “moedas” da minha família, até mesmo alguns amigos, que não dou o a importância que eles merecem e isso me deixa mal, apesar de ter justificativas de falta de tempo e tal.
    O certo é que sempre se arrumatempo para tudo, só que algumas coisas vc prioriza, mesmo q não seja o certo a fazer.

  21. gabi

    é incrível como nos indentificamos com todos os textos. afinal, o ser humano é igual? os erros cometidos são sempre os mesmos… atualiza com mais, é gostoso ler 🙂

  22. Fernando Quirino

    Post fofurets, mas com uma certa sabedoria embutida. Na verdade as pessoas são notas de 500 reais (é, aquelas tão valiosas que nem existem) que tratamos como moedinhas de 5 centavos. Mas a idéia dos 5 centavos na hora do sufoco exprimem bem essa idéia.

    DÁ ATENÇÃO PRA SUA IRMÃ, COISA RUIM! hauhauhau

    =*

  23. Lelê Mafalda

    Já me senti assim também. Mas não só quando o dinheiro é abandonado,
    quando é gasto com coisas sem importância. Como gastar uns R$3,00
    num daqueles lanches de rodoviária ruins e logo depois na barraca da frente,
    ver uma lembrancinha que seu irmão ia adorar por R$5,00 . . . E aí, quando
    você abre a carteira: pinba! o dinheiro do lanche seboso é a quantidade exata
    que falta.
    Ai, ai… essas nossas prioridades…

  24. Shuzy

    Gosto muito do seu blog!
    Conheci há pouco tempo, mas, acredite, li ele inteirinho*
    hehe

    Tô com saudade já… Escreve aê!!

    ;**

  25. Néia

    Simplesmente adoro!!!E, embora ainda nao estivesse cadastrada, assiduamente estoy aqui!
    Você é brilhante e eu quero ser ainda quando eu crescer! (hehehe)
    Minha ídolaaaa!!!

  26. André

    É, eu jamais chegaria nessa conclusão com moedas de cinco centavos, até pq, eu costumo colocá-las em meu cofrinho de moedas quando vejo alguma perdida por aí. O que me faz pensar que não adianta ficar protelando as coisas que você tem que fazer pq acha que depois vai dar tempo de fazer tudo. Não, não dá. Muita coisa pra depois = não vai dar tempo! Fica pesado demais. Você nem imagina o quanto meu porquinho tá pesado ultimamente =/
    É, o jeito é correr atrás. E agora.

  27. Gabby

    Moedas de cinco centavos são como essas pessoas importantes, você só dá valor quanto elas não estão lá quando você precisa delas =/

  28. Gustavo Tampa

    @Anna Rachel Nao seria mal ter uma coleçao de moedas de 5 centavos verdadeiras hein?

    Mas realmente a tarefa nao seria facil se tratando de dar o devido valor a cada uma.. sabe como eh a mente consumista/capitalista do ser humano. Ao inves de dar valor para a quantitade de 5 centavos, iria dar valor ao resultado final.. ao todo, assim poderia desemerecer alguns centavos! :/

  29. Rodox

    Sempre guardo essas moedas com cuidado. afinal elas sempre vão servir para alguma coisa ou algumas coisas vão servir para elas.

  30. Julie

    EU ODEIO MOEDAS DE CINCO CENTAVOS.
    Sério. É oficial. SEMPRE falta ou sobra os míseros cinco centavos.
    E os cinco centavos que SEMPRE sobram NUNCA estão perdidos na bolsa ou bolso quando são necessários. ¬¬

  31. Júlia

    haahahah Achei que só eu fazia longuíssimos e profundos raciocínios baseados em moedas, hélices de ventilador, quantidade de suco que sobrou na jarra…
    Bom post.
    :*

  32. Diego Oliveira

    Não sei o q cada um tirou dessa mensagem, mas eu tenho q dizer…

    As vezes não somos tratados como a moeda de 5 centavos, mas sim como a de 1.

    Lamentável mas é fato.

    Interessante é que quando pagamos algo de r$1,99 com uma nota de 2 reais ngm volta o devido troco de 1 centavo, e porque será?

    1,99 não é 2,00. 2,00 não é 1,99. O 1 centavo praticamente não existe.

  33. cezariobhz

    Poxa, adorei esse seu texto. Me faz parar pra pensar o tempão que ficamos olhando só para nossos umbigos e esquecemos certas pessoas que poderíamos ter dedicado + tempo à elas. O (depois); pode ser tarde demais.

  34. Fabrício

    Um belo texto, curto e tão cheio de significado. Tem profundidade, é fluido, bom de ler e deixa aquele gostinho na boca: “essa menina sabe dizer exatamente o que quer dizer”. Parabéns pelo teu poder de expressão e pela escolha do conteúdo, tão pertinente nesses nossos dias de superficialidades e abandonos. É surpreendente tua visão de mundo com tão pouca idade. Voltarei mais vezes.

  35. Gláu

    Esses dias me aconteceu algo parecido, e me lembrei logo desse post.
    A diferença é que faltavam 0,30 R$ e o cartão foi bloqueado quando fui sacar.
    Tive que pedir na rua mesmo. Derrota. ¬¬ Achei um homem simpático, e pimba!! Ele me deu 50 cents até. Foi meio constrangedor, até porque havia um pequeno público assistindo.
    Porém, sobrevivi. Cheguei em casa bem . E nunca vou esquecer de colocar 30 centavos adicionais na minha carteira sempre. 😀

    Bjoss
    Parabens pelo blog’
    Já sou leitora oficial
    To sempre procurando coisa nova

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *